SASE arranca empate no final, fora de casa, em um clássico eletrizante.

 

ASIF e SASE enfrentaram-se na noite do dia 02/06, em um grande clássico da região. Era o terceiro encontro das equipes no ano, que já haviam se confrontado na Copa Alto Jacuí. Os dois elencos vinham para o jogo com desfalques importantes: Pelo lado alviverde, Wangler, suspenso, Lucas Scapini e Léo, ambos machucados. Já pelo outro lado, a ASIF não contava com o jogador Fabiano, também machucado.

O jogo iniciou com um erro grotesco na saída de bola da equipe da SASE. O técnico Rodrigo Sebastiani optou por começar a partida já com o goleiro linha, o que lhe custou caro: No rolar da bola, Kliver (68) não notou a chegada do jogador adversário Pato (17), que a roubou e deu o passe para Darici (9). O jogador devolveu a bola para Pato que estufou a rede aos exatos 10 segundos de jogo e a ASIF fazia 1×0.

Não demorou muito para a ASIF ampliar o marcador: aos 3 minutos Tcherlo (80) recuou a bola com a coxa para o goleiro Sacolé (20), que se atrapalhou ficando indeciso se poderia pegar com a mão e tentou afastá-la com o pé sem sucesso. Pato roubou a bola e fez ASIF 2×0. Tudo desenhava-se para mais uma noite frustrante para a equipe alviverde, quando aos 4 minutos em jogada de lateral, Pato mais uma vez, bateu de primeira para fazer 3×0 sobre a SASE.

Depois do terceiro gol a SASE acordou e começou a trocar mais passes na quadra adversária, criando boas oportunidades. Na maioria das conclusões estava lá o goleiro Chimia (18) que fazia ótimas defesas, dificultando a reação alviverde. O jogo era muito disputado, com as duas equipes fazendo muitas faltas, sendo que aos 10 minutos da partida, a SASE já havia estourado seu limite de faltas (5), dando oportunidade da ASIF cobrar o seu primeiro tiro-livre. Na cobrança de Djow (23), Donatti (12) cresceu para cima do jogador adversário fazendo uma grande defesa para a equipe alviverde.

A SASE começou a pressionar o adversário e ganhar mais volume de jogo, tornando o jogo mais atrativo para o público presente. Pelo outro lado, a equipe da ASIF aproveitava bem os contra ataques e em um deles veio o segundo tiro-livre em mais uma falta feita pela equipe alviverde. Dessa vez Willian (7) foi para a cobrança e o goleiro Donatti (12) fez uma bela defesa salvando a SASE mais uma vez.

A SASE continuava pressionando e no final do primeiro tempo finalmente saiu o gol: aos 19 minutos, Ivan Carlos (17) recebeu livre em passe de Kturra (3) e bateu forte para diminuir o marcador, 3×1. A SASE ganhava vida para um segundo tempo que prometia fortes emoções.

O segundo tempo iniciou com pressão total da equipe alviverde, que buscava o empate de qualquer maneira. Dessa forma a equipe da ASIF cometia muitas faltas, tentando controlar o resultado e depois de duas faltas seguidas, as duas para cartão amarelo, o jogador Darici (9) foi expulso de quadra. Com a vantagem numérica de jogadores, a SASE conseguiu diminuir aos 5 minutos em chute cruzado de Arthur (6), que passou por baixo dos braços do goleiro Chimia (18), 3×2.

A partida ferveu depois do segundo gol da SASE. Um minuto mais tarde veio a maior polêmica da partida: Pato (17) e Arthur (6) se estranharam e o jogador da ASIF deu uma cabeçada no jogador alviverde. O juiz decidiu expulsar os dois atletas e as equipes ficaram com um jogador a menos.

O clássico prometia ainda mais emoção nos instantes finais. Rodrigo Sebastiani optou nos últimos dois minutos, novamente pelo goleiro linha para igualar o marcador. A SASE pressionava muito a equipe da ASIF e aos 19 minutos e 30 segundos aconteceu um gol épico: Biéh (77) recebeu a bola na intermediária, fez um lindo giro e chutou para o fundo da rede, 3×3 placar final.

Após o jogo, com uma bela atuação pela equipe da SASE, Biéh (77) foi escolhido destaque do jogo pela Equipe Esportiva da Rádio Princesa e levou o troféu com oferecimento da Refrigeração Tonello.

A SASE, com esse empate, soma um ponto importante na luta pela qualificação, entre as 8 melhores equipes da Liga Gaúcha de Futsal Série Ouro. O próximo confronto será no dia 09/06, em mais um clássico no Módulo Esportivo Selbachense, as 20 hrs, contra a equipe do América.

 

Reportagem : Maurício Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *