SASE joga bem, mas é derrotada em casa no clássico.

Um bom público se fez presente na noite de 09/06, no Módulo Esportivo Selbachense, para prestigiar um grande clássico entre SASE e AMÉRICA. A SASE vinha de um bom resultado, com um empate fora de casa e tinha 3

desfalques com Biéh, Arthur e Felipe. Já o AMÉRICA vinha de derrota, também fora de casa e tinha os desfalques de Ban e Matheus Gaúcho.

A partida começou com pressão total da equipe alviverde, que mostrou ao torcedor que iria buscar a vitória do início ao fim. O técnico Rodrigo Sebastiani apostou na velocidade e juventude de seus atletas, que trocavam muitos passes e envolviam o time taperense. Pelo lado vermelho, o AMÉRICA se defendia bem, apostando nos contra-ataques.

Com jogadores jovens em quadra, a SASE tinha fôlego de sobra na pressão que exercia no adversário, mas lhes faltava calma e experiência em passes e conclusões. Aos 2 minutos veio o balde de água fria na equipe da SASE: Gregory (21), que era o último homem, tentou driblar o marcador e perdeu a bola. Gabriel Gugel (8) saiu livre cara a cara com Sacolé (20) e passou para Douglas (9), que só empurrou pro fundo das redes, 1×0 AMÉRICA.

A equipe selbachense não se abateu e continuou pressionando o advers

ário com belas jogadas. De tanto insistir e pressionar a SASE foi coroada aos

13 minutos da primeira etapa: em uma bela troca de passes, Kturra (3) recebeu a bola e mandou um chute rasteiro. Com uma visão dificultada pelos jogadores que estavam na sua frente, o goleiro Bruno (25) deixou a bola passar por baixo de suas pernas, entrando mansinha para o gol, 1×1.

O jogo era muito disputado e “brigado” dentro de quadra com as duas equipes lançando-se ao ataque deixando espaços para contra-ataques, tornando o jogo emocionante e empolgante para o torcedor que ocupava o Módulo Esportivo Selbachense, com aproximadamente 500 pessoas. Se fora de quadra o público era o grande destaque, dentro dela Tcherlo (80) fazia uma bela atuação, comandando a SASE no ataque e na defesa, salvando jogadas perigosas da equipe do América.

Depois do empate, a SASE pecava nas conclusões para o gol para que a equipe pudesse virar a partida. Como o velho ditado, “quem não faz, leva”, ainda é um pilar no futebol, aos 15 minutos do primeiro tempo o AMÉRICA fez o seu segundo gol: em jogada de lateral a bola foi rolada para Anderson Negão (89), que chutou forte no ângulo direito do goleiro Sacolé, sem chances de defesa, 2×1 América.

Na volta do intervalo a SASE veio c

om a proposta de buscar o empate e consequentemente a virada, mas o AMÉRICA se defendia bem e assustava nos contra-ataques. Em uma última tentativa, sem sucesso, o técnico Rodrigo Sebastiani optou pelo goleiro linha para ter uma chance maior para fazer o gol. Com o resultado encerrado em 2×1, a SASE amarga sua terceira derrota na Liga Gaúcha, soma 5 pontos e atualmente ocupa a 9ª colocação na Série Ouro. O próximo compromisso da SASE será no dia 19/06 na cidade de Parobé contra a APF, em partida adiada pela 5º Semana.

Após o jogo, com uma bela atuação pela equipe da SASE, Tcherlo (80) foi escolhido destaque do jogo pela Equipe Esportiva da Rádio Princesa e levou o troféu com oferecimento da Refrigeração Tonello.

Jogos da 7ª semana:

 

09/06

SASE (Selbach) 1 x 2 AMÉRICA (Tapera)

ALAF (Lajeado) 4 x 0 BGF (Bento Gonçalves)

AEU (Uruguaiana) 7 x 6 ASIF (Ibirubá)

12/06

AES (Sobradinho) x ASSOEVA (Venâncio Aires)

15/06

ACBF (Carlos Barbosa) x APF (Parobé)

16/06

Atlântico (Erechim) x Guarany (Espumoso)

Reportagem: Maurício Mendes / Assessoria SASE

Turma da Bondade participa do Programa Rádio Escola

Na tarde da última quarta feira (06), o Programa Rádio Escola contou com a participação da turma da Bondade, turma de pré 1 da EMEI A Sementinha, composta por 17 alunos e avimpanhados pela Professora Daniela Durigon. Os alunos cantaram versinhos de São João, fazendo alusão ao mês de junho, mês das festas juninas. Também aproveitaram para convidar toda comunidade para a Festa Junina que acontece no dia 22, às 19h na Assepsel, haverá muitas apresentações e muitos comes típicos.

Abaixo você confere um dos cantinhos apresentado pela turma da bondade:

SASE arranca empate no final, fora de casa, em um clássico eletrizante.

 

ASIF e SASE enfrentaram-se na noite do dia 02/06, em um grande clássico da região. Era o terceiro encontro das equipes no ano, que já haviam se confrontado na Copa Alto Jacuí. Os dois elencos vinham para o jogo com desfalques importantes: Pelo lado alviverde, Wangler, suspenso, Lucas Scapini e Léo, ambos machucados. Já pelo outro lado, a ASIF não contava com o jogador Fabiano, também machucado.

O jogo iniciou com um erro grotesco na saída de bola da equipe da SASE. O técnico Rodrigo Sebastiani optou por começar a partida já com o goleiro linha, o que lhe custou caro: No rolar da bola, Kliver (68) não notou a chegada do jogador adversário Pato (17), que a roubou e deu o passe para Darici (9). O jogador devolveu a bola para Pato que estufou a rede aos exatos 10 segundos de jogo e a ASIF fazia 1×0.

Não demorou muito para a ASIF ampliar o marcador: aos 3 minutos Tcherlo (80) recuou a bola com a coxa para o goleiro Sacolé (20), que se atrapalhou ficando indeciso se poderia pegar com a mão e tentou afastá-la com o pé sem sucesso. Pato roubou a bola e fez ASIF 2×0. Tudo desenhava-se para mais uma noite frustrante para a equipe alviverde, quando aos 4 minutos em jogada de lateral, Pato mais uma vez, bateu de primeira para fazer 3×0 sobre a SASE.

Depois do terceiro gol a SASE acordou e começou a trocar mais passes na quadra adversária, criando boas oportunidades. Na maioria das conclusões estava lá o goleiro Chimia (18) que fazia ótimas defesas, dificultando a reação alviverde. O jogo era muito disputado, com as duas equipes fazendo muitas faltas, sendo que aos 10 minutos da partida, a SASE já havia estourado seu limite de faltas (5), dando oportunidade da ASIF cobrar o seu primeiro tiro-livre. Na cobrança de Djow (23), Donatti (12) cresceu para cima do jogador adversário fazendo uma grande defesa para a equipe alviverde.

A SASE começou a pressionar o adversário e ganhar mais volume de jogo, tornando o jogo mais atrativo para o público presente. Pelo outro lado, a equipe da ASIF aproveitava bem os contra ataques e em um deles veio o segundo tiro-livre em mais uma falta feita pela equipe alviverde. Dessa vez Willian (7) foi para a cobrança e o goleiro Donatti (12) fez uma bela defesa salvando a SASE mais uma vez.

A SASE continuava pressionando e no final do primeiro tempo finalmente saiu o gol: aos 19 minutos, Ivan Carlos (17) recebeu livre em passe de Kturra (3) e bateu forte para diminuir o marcador, 3×1. A SASE ganhava vida para um segundo tempo que prometia fortes emoções.

O segundo tempo iniciou com pressão total da equipe alviverde, que buscava o empate de qualquer maneira. Dessa forma a equipe da ASIF cometia muitas faltas, tentando controlar o resultado e depois de duas faltas seguidas, as duas para cartão amarelo, o jogador Darici (9) foi expulso de quadra. Com a vantagem numérica de jogadores, a SASE conseguiu diminuir aos 5 minutos em chute cruzado de Arthur (6), que passou por baixo dos braços do goleiro Chimia (18), 3×2.

A partida ferveu depois do segundo gol da SASE. Um minuto mais tarde veio a maior polêmica da partida: Pato (17) e Arthur (6) se estranharam e o jogador da ASIF deu uma cabeçada no jogador alviverde. O juiz decidiu expulsar os dois atletas e as equipes ficaram com um jogador a menos.

O clássico prometia ainda mais emoção nos instantes finais. Rodrigo Sebastiani optou nos últimos dois minutos, novamente pelo goleiro linha para igualar o marcador. A SASE pressionava muito a equipe da ASIF e aos 19 minutos e 30 segundos aconteceu um gol épico: Biéh (77) recebeu a bola na intermediária, fez um lindo giro e chutou para o fundo da rede, 3×3 placar final.

Após o jogo, com uma bela atuação pela equipe da SASE, Biéh (77) foi escolhido destaque do jogo pela Equipe Esportiva da Rádio Princesa e levou o troféu com oferecimento da Refrigeração Tonello.

A SASE, com esse empate, soma um ponto importante na luta pela qualificação, entre as 8 melhores equipes da Liga Gaúcha de Futsal Série Ouro. O próximo confronto será no dia 09/06, em mais um clássico no Módulo Esportivo Selbachense, as 20 hrs, contra a equipe do América.

 

Reportagem : Maurício Mendes

Prefeitura e Entidades optam por parar nesta terça-feira

Na tarde de ontem, segunda-feira (28), aconteceram novamente manifestações no trevo da cidade de Selbach. Também foi organizado um ato cívico. O ato contou com grande parte das empresas e entidades do município e a Rádio Princesa também esteve presente para fazer a cobertura do evento.

Em reunião, entre a Prefeitura Municipal de Selbach e diversas entidades do município, ficou decidido que Selbach parará nesta terça-feira (29), em sinal de protesto. Não haverá aula nas escolas municipais, nem transporte escolar. As Secretarias Municipais e Prefeitura contarão apenas com expediente interno e estarão participando das manifestações no trevo da cidade.

XXV Concerto de Maio aconteceu no último Sábado

No último sábado (26), aconteceu no Salão Paroquial de Selbach, o XXV Concerto de Maio, um espetáculo puramente Selbachense. O evento esteve centralizado no tema “Volta ao mundo” e contou com a participação da Banda Municipal, do Coral Infanto-Juvenil da Escola Adão Seger e do Coral Municipal São Gregório.  Na oportunidade também foram destacados os 10 anos de regência do maestro Nei Leandro Schneider, que realiza um grande trabalho a frente dos corais  e da banda municipal.

 

Manifestações no Trevo de Selbach

Comércio e comunidade Selbachense, incentivados pela Associação Comercial de Selbach (ACIS), apoiando à manifestação dos caminheiros, trabalhadores e classes produtivos diante dos constantes aumentos do valor dos combustíveis e da pesada carga tributária brasileira. Manifestações estão acontecendo no trevo da Cidade de Selbach, nesta manhã de sexta feira (25). O Comércio vinculado a ACIS permanece fechado, hoje, das 10h ao meio dia, em virtude da paralisação. A Rádio Princesa está presente para fazer a cobertura da manifestação e demonstrar apoio à mesma.

Fotos: via grupo Whatsapp

Rádio Escola com o 6º ano da Escola Aníbal Magni

6º ano da escola Aníbal Magni, acompanhados da Coordenadora Pedagógica Sílvia Schwaab, Professora Debora Dendena e da estudante de Engenharia Ambiental da UPF, Dalvana Stöhlirck, participaram nesta manhã (23) do Programa Rádio Escola. Trazendo informações sobre o projeto de pesquisa da estudante de Engenharia Ambiental, Dalvana, sobre o desenvolvimento de ações pra o desenvolvimento sustentável. Os locutores mirins, Henrique, Gabriela e Lucas também falaram sobre os alunos classificados para fase regional dos Jergs e fizeram o convite para o Jantar da Família, Galinhada de Tacho, que será realizada sexta feira (25) no Salão das Três Comunidades em Arroio Grande.

Vice Prefeita Stelamaris Gobbi – Passe Livre e Auxílio Estudante

Vice Prefeita Stelamaris Gobbi esteve nesta manhã (21) na Rádio, falando sobre o Passe Livre e o Auxílio Estudante que visam repassar uma ajuda de custo aos estudantes que se deslocam da cidade para realizarem cursos técnicos ou cursos de graduação. A vice prefeita também aproveitou a oportunidade para convidar toda a comunidade para que participe do XXV Conserto de Maio, que acontece no próximo sábado, dia 26, a partir das 19h15, no Salão Paroquial em Selbach.

Nos jogos em casa, equipe esportiva da Princesa FM tem um convidado especial

Convidado do dia, Prefeito Sérgio Ademir Kuhn, no Jogo SASE x Uruguaianense.

 

SASE perde a primeira em casa e segue sina com seus goleiros

Na noite de 15/05, a SASE enfrentou a grande equipe da ACBF, pentacampeã da Libertadores da América, em partida válida pela Liga Gaúcha de Futsal Série Ouro. Com aproximadamente 900 espectadores no Módulo Esportivo Selbachense, onde parte da renda foi destinada ao Hospital São Jacob de Selbach, a atmosfera do jogo era de ansiedade por parte dos jogadores.

A SASE tinha a volta dos goleiros Felipe (23) e Sacolé (20) ambos cumprindo suspensão. Já a ACBF do técnico Marquinhos Xavier, veio a quadra com time misto, visando o jogo de sexta-feira pela Liga Nacional em Carlos Barbosa contra o Cascavel.
Após o apito inicial da, pôde-se ver dois times muito distintos em quadra: a ACBF, com seus excelentes atletas, focados e dispostos a liquidar a fatura rapidamente; contra uma SASE, que cometeu o mesmo erro no jogo contra o Guarany em seu último jogo, que foi o nervosismo na hora de trocar passes e desatenção na marcação. Assim aos 2 min em uma linda tabela da laranja mecânica, Douglinhas (21) bateu forte, sem chances para o goleiro Felipe (23), 1×0 ACBF.
Buscando superar a qualidade técnica e organização da ACBF, a SASE tentou dar perigo para a meta laranja sem sucesso, desperdiçando oportunidades claras. Como consequência da ineficiência alviverde, a ACBF ampliou: Aos 5 min, Douglinhas recebeu bola cruzada rasteira na primeira trave e só empurrou para o fundo da rede, tirando do goleiro marcando seu segundo gol, 2×0 ACBF.
Não era a noite ideal para a equipe da SASE. Voltando de suspensão, Felipe (23) fazia seu primeiro jogo pela Série Ouro. Com grandes defesas, apesar do placar, o jovem goleiro em uma dividida com o jogador João Salla (3), sentiu o joelho e teve que ser substituído. Sacolé ingressou no jogo e já teve trabalho logo no primeiro lance em quadra salvando a SASE.
A equipe de Carlos Barbosa trocava passes onde queria, deixando com que a SASE não se encontra-se em quadra. Tão logo o placar aumentou: Aos 14 min, em chute cruzado pela direita no cantinho, Felipe dos Santos (33) marcou, 3×0 ACBF. Ainda no fim do primeiro tempo, aos 18 min, a laranja mecânica fez mais um gol com Piter (12), 4×0. Assim a SASE teria que construir uma virada épica na segunda etapa.
Na volta do intervalo, Rodrigo Sebastiani surpreendeu a equipe da ACBF, com seu tradicional goleiro linha, para sair em busca do resultado e deu certo. A SASE deu início ao jogo que esperava ter feito no primeiro tempo: controle e criação de jogadas. Com domínio de bola e pressão ofensiva a SASE martelou praticamente toda a segunda etapa em busca de um melhor resultado.
Em uma noite frustrada de um lado, pela perda do goleiro Felipe (23), pelo outro, o técnico da SASE viu Arthur (6) brilhar em quadra, com sua velocidade, dando trabalho para os defensores adversários. E aos 9 min foi coroado por seu esforço: se livrando do marcador, avançou livre e só teve o trabalho chutar no cantinho do goleiro e converter para o gol, 4×1 ACBF, criando esperanças para os torcedores presentes no ginásio.
Atuando toda a segunda etapa com o goleiro linha, a reação alviverde recebeu um balde de água fria quando em uma finalização, ou praticamente um passe para o goleiro Henrique (92), o jogador fez a defesa e chutou de balão para dilatar ainda mais o placar, 5×1 ACBF. A SASE ainda conseguiu diminuir a conta com Léo (22) de pênalti decretando assim a vitória da equipe de Carlos Barbosa por 5×2.
Após o jogo, com uma bela atuação pela equipe de Carlos Barbosa, João Salla (3) foi escolhido destaque do jogo pela Equipe Esportiva da Rádio Princesa e levou o troféu com oferecimento da Refrigeração Tonello.
A SASE ocupa a 9ª colocação na tabela e volta a atuar no dia 19/05 contra a AEU de Uruguaiana, no Módulo Esportivo Selbachense, as 20h.

Reportagem e fotos: Maurício Mendes